MACHADO

MACHADO Rio de Janeiro come o do s culo XX Vi vo e solit rio Machado de Assis sofre fortes dores e crises nervosas enquanto testemunha a moderniza o da antiga cidade do Rio de Janeiro Em M rio de Alencar f

  • Title: MACHADO
  • Author: Silviano Santiago
  • ISBN: null
  • Page: 420
  • Format: Paperback
  • Rio de Janeiro, come o do s culo XX Vi vo e solit rio, Machado de Assis sofre fortes dores e crises nervosas enquanto testemunha a moderniza o da antiga cidade do Rio de Janeiro Em M rio de Alencar, filho de Jos de Alencar, o presidente da Academia Brasileira de Letras encontrar um precioso interlocutor, que tamb m sofre terr veis crises nervosas e o encaminhar ao drRio de Janeiro, come o do s culo XX Vi vo e solit rio, Machado de Assis sofre fortes dores e crises nervosas enquanto testemunha a moderniza o da antiga cidade do Rio de Janeiro Em M rio de Alencar, filho de Jos de Alencar, o presidente da Academia Brasileira de Letras encontrar um precioso interlocutor, que tamb m sofre terr veis crises nervosas e o encaminhar ao dr Miguel Couto Qual a rela o entre as convuls es de Machado e sua genial cria o Depois de narrar passagens inauditas das vidas de Graciliano Ramos e Antonin Artaud, Silviano Santiago oferece uma perspectiva totalmente original e audaciosa dos ltimos anos de vida de um dos maiores romancistas de todos os tempos.

    One thought on “MACHADO”

    1. Começando pela capa, há que se dizer que este livro não é um romance. Suspeito que esta falsa sugestão não se deve apenas a uma orientação do editor, interessado em atrair o máximo de leitores, mas também a uma brincadeira do autor, que se arrisca em um dos jogos sutis de seu biografadoO livro tampouco é uma biografia stricto sensu. O Machado que encontramos é um personagem; a sua verdade, uma verdade de Santiago - que passa, ele mesmo, como personagem pelo texto.Santiago usa as cart [...]

    2. Primeira vez que li algo do Silviano Santiago, apesar de ele ser, atualmente, um dos mais conceituados escritores brasileiros. Digo que fiquei muito positivamente impressionado. Ele dá mostras de enorme erudição. Erudição, é verdade, é de pouca valia, se faltam outras competências ao autor. Não é o caso aqui. Ele é narrador capaz, conhecedor habilidoso do seu ofício, capaz de fazer uma obra que é ao mesmo tempo romance e ensaio. Machado, é claro, é Machado de Assis. O tempo do li [...]

    3. 3, 5 na verdadeEsse livro me lembrou o quanto gosto de Machado de Assis. Mas não foi das leituras mais prazerosas, com uma escrita prolixa e cheio de voltas muitas vezes me senti perdida e tendo que reler páginas inteiras simplesmente porque não havia prestado atenção.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *